quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

Catim participa em reunião da CTac - Comissão Técnica de Acreditação da Certificação do IPAC


www.ipac.pt

Francisco Alba, Diretor da Unidade de Certificação de Produtos do CATIM participou na reunião da Comissão Técnica do IPAC, CTac - Comissão Técnica de Acreditação da Certificação, que decorreu no passado dia 11.
Esta CT tem como objetivo a discussão, harmonização e otimização de políticas, metodologias e critérios de acreditação de organismos de certificação e verificação ambiental.

A Unidade de Certificação de Produtos /CATIM está acreditado pelo IPAC como Organismo de Certificação de Produtos, acreditação que sustenta o reconhecimento do CATIM como Organismo Notificado Europeu para as Máquinas, Aparelhos a Gás e Panelas de Pressão.
Mais informações: aqui

quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

Reunião Orgalime - Machinery Core Group, 7 de Janeiro

Realizou-se no passado dia 7 de Janeiro, nas instalações da ORGALIME em Bruxelas, mais uma reunião do Machinery Core Group.
Nesta reunião onde participaram cerca de 30 delegados em representação de diferentes associações europeias, o tema fulcral foi a revisão da Diretiva Máquinas. A AIMMAP esteve representada pela Engª Filipa Lima do CATIM.
Destacou-se a presença de um representante da Comissão Europeia no âmbito da Diretiva Máquinas, Mikhail Simonov, que sintetizou o estudo da avaliação do impacto da revisão da Diretiva Máquinas no seguinte:


Prevê-se que o relatório final com as conclusões da primeira fase seja publicado em finais de fevereiro.
Para mais informações sobre o estudo consultar:
https://ec.europa.eu/growth/sectors/mechanical-engineering/machinery_en


quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

CATIM no Cluster Habitat Sustentável!



Catim é um dos membros do Cluster Habitat Sustentável
http://www.centrohabitat.net/pt!

Segundo o Regulamento de reconhecimento dos clusters de competitividade (Despacho n.º 2909/2015), um Cluster de Competitividade é uma «plataforma agregadora de conhecimento e competências, constituída por parcerias e redes que integram empresas, associações empresariais, entidades públicas e instituições de suporte relevantes, nomeadamente entidades não empresariais do Sistema de Investigação e Inovação».
No momento atual das políticas públicas europeias, os Clusters são encarados como determinantes para políticas associadas ao apoio ao crescimento das PME e à implementação da especialização inteligente.
O objetivo principal da emergência e evolução dos Clusters é torná-los um driver principal de benefícios das economias de aglomeração, fazendo com que estas plataformas colaborativas representem um sinónimo de transformação industrial e desenvolvimento das indústrias emergentes.

segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

Cluster Produtech - Tecnologias das Tecnologias de Produção



Catim é um dos membros do Cluster Produtech!
http://www.produtech.org/

Segundo o Regulamento de reconhecimento dos clusters de competitividade (Despacho n.º 2909/2015), um Cluster de Competitividade é uma «plataforma agregadora de conhecimento e competências, constituída por parcerias e redes que integram empresas, associações empresariais, entidades públicas e instituições de suporte relevantes, nomeadamente entidades não empresariais do Sistema de Investigação e Inovação».

No momento atual das políticas públicas europeias, os Clusters são encarados como determinantes para políticas associadas ao apoio ao crescimento das PME e à implementação da especialização inteligente.

O objetivo principal da emergência e evolução dos Clusters é torná-los um driver principal de benefícios das economias de aglomeração, fazendo com que estas plataformas colaborativas representem um sinónimo de transformação industrial e desenvolvimento das indústrias emergentes.

https://www.iapmei.pt/Paginas/Clusters-de-competitividade-reconhecidos-pelo-IAPM.aspx

terça-feira, 31 de dezembro de 2019

quinta-feira, 26 de dezembro de 2019

Digital transformation and additive manufacturing: the role of standardization



Cláudia Fernandes do CATIM apresentou o trabalho “Digital transformation and additive manufacturing: the role of standardization” no Workshop on Disruptive Information and Communication Technologies for Innovation and Digital Transformation, que se realizou no passado dia 20 de Dezembro na Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Bragança.


Abstract.
Digitization of industry is nowadays an evolving reality that is potentiated by the exponential growing of data and the convergence of affordable technologies. Additive manufacturing (AM) is considered one of the nine technologies with the potential for transforming industrial production, allied business models and with high impact on society. Driven by research and politics most of the digitization’s players worldwide have recognized the potentials of standardization to provide approaches, solutions and even some answers to industrial challenges posed by these “new” transform-ing technologies, namely AM technologies. With the present paper the authors intend to discuss problems, challenges and benefits of using disruptive transforming digital technologies – specifically AM, allied with the development of supporting standardization initiatives that address industrial needs, market demands and societal challenges.